CVD Imoveis, Imobiliária, casas, apartamentos, terrenos à venda, aluguel temporada, aluguel anual, Jurerê, Jurerê Internacional, Florianópolis – SC
CRECI 4291J
+55 (48) 4104 2958
Informações Gerais
Quartos
0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
Garagens
0
1
2
3
4
5
6
7
8
10
12
20
Banheiros
0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
Código não encontrado
  • Lagoinha do Leste | Florianópolis

Florianópolis ainda guarda um paraíso digno das histórias que o explorador italiano Marco Polo contou e poucos acreditaram. A beleza da Praia da Lagoinha do Leste é rara e reservada como um segredo guardado pelos antigos desbravadores. Escondida atrás dos morros do sul da Ilha de Santa Catarina, deixa qualquer viajante fascinado por suas areias claras e mar esverdeado em um dia de verão. Quando Marco Polo voltou de uma viagem de 24 anos pela Ásia no Século 13, conviveu com a descrença diante dos fatos e histórias que contava. Em resposta, disse que revelou apenas a metade do que viu e que o resto era inacreditável. Marco Polo não conheceu a Lagoinha do Leste, mas é difícil acreditar na beleza da praia mais reservada de Florianópolis.
Acessível apenas por trilhas, a Lagoinha cria um desafio para quem deseja conhecê-la. Ou se contorna o costão ao sul da praia do Matadeiro ou se cruza o morro que a separa do Pântano do Sul. Os dois caminhos apresentam pontos complicados de transpor e que exigem cuidados. Durante a caminhada, o som da natureza é constante: cigarras, pássaros e rumor das ondas.
As histórias sobre a beleza da Lagoinha cruzam oceanos assim como as de Marco Polo e chegam também aos ouvidos de turistas.
Tamanha natureza exige preservação. Não há lixeiras em nenhum lugar e as orientações para com o cuidado do local se resumem a placas na entrada das trilhas. Por isso, leve seu lixo de volta consigo. Depois de cerca de uma hora de caminhada, o som do mar torna-se mais forte. Nos trechos em que a trilha fica aberta, pode-se observar a extensão de areia e, ao fundo, a lagoa de água doce que dá nome à praia.
Depois de imaginar as histórias de quem já a conheceu e provar respeito e educação, a trilha termina. A praia se abre diante de seus olhos e o recebe em tons de verde e azul. Parece inacreditável, mas é apenas a metade do que se pode dizer da Lagoinha do Leste.

Atração de 230 metros

No costão sul da praia da Lagoinha do Leste está o Morro das Coroas. O início da trilha que leva ao topo está logo à direita de quem chega na praia pelo Pântano do Sul. Mas é indicada para quem tem fôlego e está acostumado com trilhas. O percurso tem trechos que são quase uma pequena escalada, nos quais é necessário usar os braços para superar os desníveis. Mas do alto dos quase 230 metros, a sensação de liberdade e conquista vale a pena. O nome do morro está associado às pedras que surgem em pontas e avançam em direção ao céu. O lugar é perfeito para curtir a paisagem.
É a praia mais preservada da Ilha de Santa Catarina. Mas, para ser mantida assim, depende do cuidado de quem a visita. É imprescindível que as pessoas que fazem a trilha levem sacolas para recolher o lixo produzido. Também é importante manter intactos os locais de acampamento.